Coisas de Mato Grosso

Cuiabá, 24 de Junho de 2.022

Preencha os dados e assine nossa Newsletter:

Newsletter

Conheça Mato Grosso!

Saiba mais sobre Mato Grosso e suas cidades.

Clique

Prev Next

Notícias

DESTAQUE: Rondonopolitano homenageia Cuiabá com documentário

10/04/2015 às 07:18

DESTAQUE: Rondonopolitano homenageia Cuiabá com documentário Rondonopolitano homenageia Cuiabá com documentário da história e danças típicas da capital de MT


A tradição cultural cuiabana transcende os anos e torna-se um vínculo entre gerações. O Cururu e o Siriri, danças folclóricas típicas de Mato Grosso, são exemplos da cultura local sendo vinculada entre as mais distintas idades, conforme mostra o documentário "Cururu e Siriri Tradição no Coração", realizado pelo rondonopolitano e universitário Rafael Irineu.

Fotógrafo e acadêmico de Radialismo da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), o jovem realizou a obra em homenagem aos 296 anos da Capital mato-grossense, comemorados no dia 8 de abril.

O título do documentário é uma referencia ao nome do grupo, ‘’Grupo de Siriri e Cururu Coração Tradição Franciscano’’. Na obra, os filhos de um cururueiro pioneiro relatam suas memórias e o atual momento do cenário musical regional. A filha de um deles, que segue acultura e é mãe de uma das dançarinas mirins do grupo, revela como foi o despertar para a dança regional.

Um dos remanescentes da cultura das danças folclóricas de Mato Grosso, o músico Benedito Nunes participa do documentário e relata a sua história juntamente às práticas culturais do Estado. "É uma emoção muito grande, por lembrar o meu pai falecido, que me ensinou a tocar. Ele tocava nas festas dos pais dele. Eu era criança, mas sempre o acompanhava”, conta Nunes, que herdou a cultura do Cururu e do Siriri juntamente com o irmão.

As dificuldades enfrentadas pelas danças mato-grossenses e a evolução delas, de acordo com o tempo, também são relatas no documentário. A obra está disponível no YouTube desde o dia 7 de abril, data escolhida por anteceder o aniversário de Cuiabá, sendo assim uma forma de homenagear a capital mato-grossense.



FOTO: Reprodução

Fonte: REPORTAGEM PRIMEIRA HORA COM ASSESSORIA