Coisas de Mato Grosso

Cuiabá, 12 de Agosto de 2.020

Preencha os dados e assine nossa Newsletter:

Newsletter

Conheça Mato Grosso!

Saiba mais sobre Mato Grosso e suas cidades.

Clique

Prev Next

Cidades / Cuiabá

Tradições

Redes: Muito coloridas com inspiração na fauna e na flora. Têm como origem as tribos indígenas da região. São confeccionadas em teares verticais, com trabalho essencialmente artesanal e podem levar até três meses para ficar prontas.

Viola-de-cocho: Instrumento artesanal utilizado no acompanhamento do Siriri e Curur, danças populares do Estado. A viola-de-cocho pode ser produzida com vários tipos de madeiras da região e suas cordas, originalmente de tripa de macaco, atualmente podem ser de nylon.

Cerâmica: A cerâmica, também influência indígena, é utilizada para fabricar diversos utensílios (panelas, potes, vasos, moringas) como também objetos de decoração e imagens religiosas.

Folclore: O folclore da baixada cuiabana está representada principalmente pelo Cururu, Siriri, Dança de São Gonçalo e Raqueado. O Cururu é composto por homens que dançam em roda. O Siriri é cantando e dançado por homens, mulheres e crianças. Na Dança de São Gonçalo, os cururueiros representam o santo "violeiro" carregando uma viola-de-cocho. O Rasqueado mato-grossense tem origem na mistura da Polca Paraguaia com o Cururu e o Siriri. Todas estas danças são acompanhadas pela viola-de-cocho, o mocho e o ganzá.