Coisas de Mato Grosso

Cuiabá, 19 de Setembro de 2.020

Preencha os dados e assine nossa Newsletter:

Newsletter

Conheça Mato Grosso!

Saiba mais sobre Mato Grosso e suas cidades.

Clique

Prev Next

Notícias

IMUNIZAÇÃO: Campanha de vacinação contra o sarampo segue até 31 de outubro

17/09/2020 às 09:30

 
Nesta fase, devem ser vacinadas as pessoas com faixa etária compreendida entre 20 e 49 anos e que ainda não se imunizaram contra a doença


A Secretaria Municipal de Saúde de Rondonópolis (MT) informa que a 4ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo está em andamento e segue até o dia 31 de outubro. Nesta fase, devem ser vacinadas as pessoas com faixa etária compreendida entre 20 e 49 anos e que ainda não se imunizaram contra a doença.

Para tomar a vacina, a população deve se encaminhar até uma das mais de 50 unidades básicas de saúde do município, já que todas tem a vacina contra o sarampo disponível. Somente não haverá vacinação nas unidades do Projeto Sentinela, pois atendem exclusivamente pacientes com sintomas de Covid-19.

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo teve início em 2019. Na primeira etapa, a imunização aconteceu para a faixa etária entre seis meses e cinco anos, 11 meses e 29 dias. Na segunda, foram vacinadas pessoas entre 20 e 29 anos e na terceira, entre cinco e 19 anos.

A gerente do Departamento de Saúde Coletiva da Secretaria Municipal de Saúde, Gil Machado, ressalta que o sarampo é uma doença contagiosa e a vacinação visa garantir a imunização da população e evitar um surto da doença na cidade. O sarampo pode deixar sequelas como surdez, cegueira, retardamento no crescimento e levar ao óbito.

Gil reforça que a Vigilância Epidemiológica do Município registrou três casos suspeitos da doença neste ano, que não foram confirmados. Já no país, o Ministério da Saúde registrou até julho deste ano, 7 mil casos, com algumas regiões do Brasil já em surto. A doença causou a morte de cinco pessoas em 2020.

A gerente orienta que todas as pessoas que estão compreendidas na faixa etária do público-alvo desta etapa de vacinação devem procurar uma unidade básica de saúde. As pessoas que não fazem parte deste público e têm entre seis meses e 49 anos que ainda não tomaram a vacina, também devem se encaminhar até uma unidade de saúde.

Fonte: Redação com assessoria / gazetamt