Coisas de Mato Grosso

Cuiabá, 21 de Novembro de 2.019

Preencha os dados e assine nossa Newsletter:

Newsletter

Conheça Mato Grosso!

Saiba mais sobre Mato Grosso e suas cidades.

Clique

Prev Next

Cidades / Gaúcha do Norte

Informações

Site Oficial / Official Site / Sitio Oficial: http://www.gauchadonorte.mt.gov.br/

População / Population / Población: 6.287 habitantes (IBGE/2010)

Área / Area / Área: 16.963,1 Km²

Distâncias / Distance / Distancias: 595 Km

Limites / Borders / Límites: Paranatinga, Feliz Natal, Campinápolis, Canarana e Querência

Denominação dos Habitantes / Name of Inhabitants / Nombre de los Habitantes: Gauchenses-do-Norte

Aniversário do Município / Anniversary of the City / El nacimiento de la ciudad de: 17 de Novembro

Prefeito / Mayor / Alcalde: Nilson Francisco Alessio

CEP / ZIP: 78875-000

HISTÓRICO

A denominação Gaúcha do Norte, que lembra o pampa rio-grandense, é referência à Colonizadora Gaúcha, que povoou a região. Esta empresa tem suas origens na cidade paranaense de Cascavel, onde seus diretores possuíam uma rede de lojas de departamentos chamada Casa Gaúcha, famosa pela diversidade de mercadorias e credibilidade na praça.
A empresa ampliou seu leque de negócios. Surgiu então a Imobiliária Gaúcha, que adquiriu vasta área de terras em Mato Grosso. Posteriormente, esta área passou a se denominar Gleba Gaúcha, sempre numa referência às lojas em Cascavel.

A grande maioria dos moradores de Cascavel são oriundos do Estado do Rio Grande do Sul. Essa gente, que já havia migrado em massa para aquela porção do oeste paranaense, fez o mesmo em relação ao sertão de Mato Grosso, pontilhando o Estado com seu linguajar e tradição peculiares.

Em 1979 a venda de lotes urbanos e rurais, executados pela Colonizadora Gaúcha, tiveram seu "rush". Inicialmente as terras eram vendidas para os desapropriados da Hidrelétrica Itaipu, no Paraná, e depois para agricultores do oeste paranaense e dos Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

No dia 30 de novembro de 1981, foi criado o distrito de Gaúcha. A Lei nº 6.686, de 17 de novembro de 1995, criou o município, sendo acrescentado o termo "do Norte" para localizá-lo geograficamente em relação ao Estado.
A denominação Gaúcha do Norte, que lembra o pampa rio-grandense, é referência à Colonizadora Gaúcha, que povoou a região. Esta empresa tem suas origens na cidade paranaense de Cascavel, onde seus diretores possuíam uma rede de lojas de departamentos chamada Casa Gaúcha, famosa pela diversidade de mercadorias e credibilidade na praça.
A empresa ampliou seu leque de negócios. Surgiu então a Imobiliária Gaúcha, que adquiriu vasta área de terras em Mato Grosso. Posteriormente, esta área passou a se denominar Gleba Gaúcha, sempre numa referência às lojas em Cascavel.

A grande maioria dos moradores de Cascavel são oriundos do Estado do Rio Grande do Sul. Essa gente, que já havia migrado em massa para aquela porção do oeste paranaense, fez o mesmo em relação ao sertão de Mato Grosso, pontilhando o Estado com seu linguajar e tradição peculiares.

Em 1979 a venda de lotes urbanos e rurais, executados pela Colonizadora Gaúcha, tiveram seu "rush". Inicialmente as terras eram vendidas para os desapropriados da Hidrelétrica Itaipu, no Paraná, e depois para agricultores do oeste paranaense e dos Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
No dia 30 de novembro de 1981, foi criado o distrito de Gaúcha. A Lei nº 6.686, de 17 de novembro de 1995, criou o município, sendo acrescentado o termo "do Norte" para localizá-lo geograficamente em relação ao Estado.


CRÉDITOS: Mato Grosso e Seus Municípios, Autor: João Carlos vicente Ferreira - Cuiabá: Buriti, 2004. Anuário Estatístico de Mato Grosso 2005, Associação Mato-Grossense dos Municípios-AMM
Data de publicação: 29/08/2007

Fonte: www.seplan.mt.gov.br